sexta-feira, 4 de abril de 2008

Morte de Isabella, imprensa e dimensão Madeleine

Estamos acompanhando ansiosamente o desenrolar das investigações do assassinato da menina Isabella; um crime brutal que chocou a todos nós. A grande questão que a polícia, em sua semântica mais branda, tenta desvendar, é o autor do delito. Entre os acusados estão o pai, e a madrasta da menina, que negam peremptoriamente. A sociedade espera que o delinquente seja posto à vista pública, e que venha a ser julgado com o mais vigoroso rigor da "justiça brasileira", ou seja, fique preso por uns dois ou três anos. É certo que Alexandre, o pai, já tem uma jurisprudência contra si, pois Ana Carolina Cunha, a mãe, já havia registrado queixa à polícia contra o ex-marido em 2003. Na ocasião, Isabella tinha 1 ano e 4 meses, Ana afirmou à polícia que Alexandre vinha fazendo ameaças contra ela e a mãe dela, avó de Isabella. A bancária afirmou também que o ex-marido ameaçou matá-las e sumir com Isabella após uma discussão.

Mas essa mesma sociedade que clama por justiça, de antemão, predispõe e prejulga, como sendo o pai e a madrasta os criminosos; essa posição é bem nítida nas entrevistas, nas conversas, e até em alguns programas de tevê.
A imprensa em geral, e especialmente os conglomerados midiáticos tupiniquim, cumprindo o seu papel de dispersora de informação, conseqüentemente faz o sujeito(ouvinte), fecundar a sua opinião congruente com aquilo que lhe foi repassado. E pela imagem transgressora dos acusados que está sendo mostrada pela mídia, as pessoas estão aludindo imprudentemente sobre os tais. O triste acontecimento de Isabella pode e até deve estar em foco nos meios de comunicação, mas estão querendo transfigurar o caso no episódio Madeleine, menina de 3 anos, inglesa, e que desapareceu em Portugal, e que ainda hoje não há notícias do seu paradeiro; nesse incidente, uma avalanche de delações infundadas puseram os pais da menina quase num ostracismo irreversível, até que foi provado a inculpabilidade.
É preciso ter um pouco de diligência, precaução, cautela, e porque não dizer, responsabilidade, antes de difamar e destruir a vida social e a moral do sujeito. Aguardemos com moderação, e justiça seja feita.




36 comentários:

Shirukaya disse...

Faço minha a sua crítica. Veja o q eh o poder da imprensa, q cria dimensoes assombrosas veiculando a opiniao publica contra o q nao se tm como provar. Talvez os pais possam nao ser ciulpados, mas se forem inocentes vao carregar uma mancha para o resto da vida, sempre em risco diante dos olhos de algum leigo. Acho q a soluçao mais viavel para amenizar isso tudo é educar o nosso povo - e como isso é tarefa ardua. Façamos como este post, abramos os olhos da população!


http://shirukaya.blogspot.com/

Frank Morgan disse...

Concordo contigo irmãozin,
depois que ouvi o pai falar sobre o acidente,pensei direito em relação ao afeto dele com a criança,mais como minha mãe diz,só deus para julga-los.

Abraços e ótimo blog
http://polvoloko.blogspot.com/

Caique Ribeiro disse...

;D adorei aqui

dbaskt disse...

Casos recentes em que aimprensa crucificou inocentes foi do padre acusado de pagar os molque da febem para ter relção sexual. Pior mesmo foi o caso da escola de base na decada passada onde acusaram os diretores da escola de abusar dos alunos.

abraço, bom post

www.locupletado.wordpress.com

Alex Coelho Tinôco disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alex Coelho Tinôco disse...

Ah cara.... mas diante dos fatos apresentados, não tem como.

Sangue no carro, na maçaneta de entrada, no chão.

Pra mim foi o pai ou a madastra. Que apodreçam na cadeia.

Se vc me permitir fazer 2 sugestões.

1- Tira essa rádio jovem pan. Muito chato quando toca alguma coisa nao solicitada.

2- Aquele banner de bem vindo do lado direito tá totalmente nada a ver com o layout.

Acho que é isso.

No mais, sorte com o blog.

Abraços.

Não deixem de conhecer meu blog com estatégias de divulgação e métodos para aumentar o tráfego de seu site/blog.

http://promocaosite.blogspot.com/


HypeNET - Veja os vídeos mais engraçados da internet/youtube


ArcView, ArcGIS, ESRI, Gis Help,
Casa em Itacaré, World Cup In Brazil 2014 - FIFA, Extreme Sports Point - See greatest videos

Henrique Felippe disse...

É impressionante como a mídia é atuante de maneira negativa... o pouco que acompanhei desse caso, pude notar o: não interessa a menina, o que importa é a matéria... mas uma vez, parece-me que inocentes estão no olho do furacão, pura e simplesmente pq a mídia quer... vamos acompanhar e aguardar o desfecho...

Henrique
Vai Vendo...

The human who sold the world disse...

Concordo plenamente. Pré-julgar sem evidências é um "crime" humano. Que atire a primeira pedra quem não tem culpa. Todos se esquecem dessa msg. A justiça só poderia ser um pouco mais CSI.

Senhorita Altendorf disse...

Olha concordo.
eu tbm estou achando um absurdo como esse caso está sendo visto pelas pessoas...
Todo mundo acusando o pai e a madrasta, e ninguem estava la pra saber o ki aconteceu!!!
Naum sou investigadora, naum faço parte da policia, as coisas tem de ficar com kem sabe cuidar delas.

nanaxinha_dk disse...

Concordo com seu texto, mto bom

suellen nara disse...

Muito bom seu blog
Criticas mto boas
Layout perfeito

Quanto a esse caso da menina Isabella, não quero comentar.

Voltarei para ler suas criticas =]

Pâmela disse...

Nós não devemos acusar sem provas. E eu não vou ficar propagando a minha opinião, pois posso estar acusando um inocente. Eu guardo a minha opinião pra mim, tanto que nem falei aqui.

Todos aguardamos a solução, logo a justiça.

Rodrigo Carvalho disse...

Tá tudo virado mesmo nessa politicaiada... custelinha borboleta, pipininho, pá e bola, um gasózão vermelhão, uma jarra de Fanta Uva, um pratão de polentão... Tá ligado?

Parabéns pelo blog, tem muitas críticas conscientes e construtívas. É difícil achar blogs inteligentes na web e o seu é um deles.

Abraços (por tráz) ...por quê sou cabra macho!

£eandro Morais レアンドロ disse...

Prefiro não crer que o pai da menina cometeu esse ato...assim como me entristece saber que a mídia tem o poder de destruir com a vida de uma pessoa sem provas e/ou fatos concretos.

Esquecendo este assunto triste, o blog está muito bom!

Te vi na comu:
Blogger Brasil ® - Blog


http://www.hikaridream.blogspot.com

Duka disse...

Legal o layout... melhor que o meu ^^

vitor marques da silva disse...

--a única coisa que eu peço é se puder pra votar no topbr estou participando
http://paginabrasil.blogspot.com/

participe tb da comunidade blog? só os melhores e participe do nosso concurso de blogs
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=6567127

‹‹ Βαbі ›› disse...

bom achei seu blog muito massa =]
e esse caso da menina eu acredito sim que o pai matou ela
a expressao de frieza dele
quando estava na delegacia contando como que foi a "história" da morte da garota para o delegado... com certeza é ele!
mas quem sou eu pra julgar ?!

abraço

Cleverton Aires disse...

Parabens pelo blog, um graNDE abraço!

Bruno Miquelino disse...

Cara, bem legal o seu blog. Adorei.
Foda esse tema, né? Eu tenho minha dúvidas de quem foi. Não consigo acreditar que foi o pai, como todo mundo. Mas vai saber.
Abraços,

http://esfiha-berta.blogspot.com/

Doner disse...

Realmente esse caso ta muuuito estranho... alem de chocar todos, como podem ser frios de jogar uma menina indefesa pra fora de uma janela?

Onde vamos parar...


Doner

http://entrevista-livre.blogspot.com

Volúptas disse...

Venho acompanhado bem de perto esse e caso e pude perceber isso tambem. As pessoas julgam como se fossem as justiçeiras cheias da razao, e isso pode prejudicar as pessoas culpadas tera que pagar o que fez pela justiça, inocente sair e clamar junto com todos por justiça.

me lembro de um caso na cidade vizinha onde todos julgaram um homem por estrupar e matar um nenem, seu proprio filho. ele ate confessou, pessoa humilde sem muita instruçao alguem deve ter imprensado algo. mais depois com os laudos, pericias e investigaçoes... descobriram que a nenem morreu sufocada pela mamadeira. e o que aconteceu? o pais todo condenou esse pai que tava sofrendo.. sendo molestado na prisao que propositalmente os policiais o colocaram. o homem sofreu feito um condenado(o que nao era) e saiu da prisao ainda se penitenciando... perguntaram pra ela o que ele iria colocar na justiça aqueles que fizeram injustiça contra ele e ele simplesmente respondeu: Nada vai trazer meu nenem de volta.

tomar cuidado nas investigaçoes e´ o principal e nao julgar deixar mesmo que a JUSTIÇA seja feita.

by Voluptas

R. Guimarães disse...

Bem, já que seu blog é "Crítica a tudo", então não se importaria em receber algumas não é mesmo???
Bem, vou me conter e fazer uma crítica(construtiva) apenas ao que diz respeito ao visual(design) do blog. TÁ UM LIXO!!! Mas veja o lado bom, não tem como piorar, rsrs...
Mas entenda isso como positivo, e tente mudar, faça algo menos chamativo e tbm algo que não seja tão clichê.
No mais, o blog tá legal, aborda algumas matérias legais(cá pra nós, tente usar um linguajar mais coloquial, e nos poupe do culto irrelevante e sem sentido.

http://romuloguimaraes.blogspot.com/

Tá aí meu blog pra receber as críticas que forem aplicáveis.

nanaxinha_dk disse...

Já havia comentado sobre o caso, mas só resta esperar pela definição do caso

R. Guimarães disse...

Bem, aqui vai minha tréplica.
Primeiro queria pedir desculpas pelas críticas q fiz, por mais q elas fossem construtivas. Esse espaço de comentários na verdade é pra "comentar" sobre o post em questão, e não para fazer esses tipos de críticas.
Mas mesmo assim vou explicar pq as fiz:
Faço faculdade de Desenho Industrial(Design), e hoje, poucos minutos antes de comentar no seu blog, tive uma disciplina chamada Projeto, q consiste na criação da identidade visual de alguma empresa. Como o olhar do Designer(aspirante) é sempre crítico, e ainda mais q aquilo tudo estava fresquinho na minha memória, resolvi malhar o seu blog, heehe...
Mas quanto a o que eu disse sobre ser chamativo, é por se utilizar(no cabeçalho) de fontes e efeitos muito mirabolantes, que só poluem o visual do site. Sei q vc não deve entender muito disso, e por isso mesmo tem pouca preocupação para tal, mas fica a minha dica para uma possível reformulação.

E tbm queria agradecer a sua réplica, pois poucos tem essa atitude ao serem criticados. Vc foi cordial e muito educado.

Abraços...!!!!

http://romuloguimaraes.blogspot.com/

dodoka disse...

eu não sabia que ela havia sido denunciado pela esposa em 2003.
eu também escrevir sobre isabella e madeleinne no meu blog;
espero que você possa dá uma olhada!

abraço e parabéns pelo blog.

. disse...

Nos dias de hoje o que mais me questiono é: "quanto vale uma vida?".
Mata-se por nada a troco de nada!
E o fim dessas fatalidades, muitas vezes de âmbitos diferentes, se encontram num mesmo aspecto final: a dor de uma mãe e o desmoronamento de um família.
É lamentável uma situação dessas e pior ainda, é saber que no final de tudo processo serão abertos, protestos serão feitos e, talvéz, o "dito cujo" sairá ileso perante ao tamanho da dor de quem perdeu essa menina.
Como brasileiro e como "humano", também exijo explicações e um desfecho final, das autoridades.

Muito bom o blog!
Até mais.

natalia disse...

concordo com vc...acho q devem mostras os fatos sem opinar mto pq tem gente sem opiniao propria q gosta d julgar os outros so pq a midia mostrou!

JoãoPumper ;]~ disse...

bom...

eu sei que não deve julgar as pessoas, mas digamos a palavra F.... eu tenho minhas suspeitas, que tenha sido a madastra com ajuda do pai!

por varios casos, um o pai não querer pagar pensão pra mãe, entre outros

natalia disse...

oii..td bem?^^
te ofereci um selinho, ta la no meu blog! bjinho

Wander Veroni disse...

Ka, gostei do seu post! Até pensei nessa relação entre a Isabella e a Madelaine, mas temo, como jornalista, de estarmos dentro de um novo "Caso Escola Base", em que a imprensa acatou o denuncismo de órgãos oficiais e culpou inocentes. Por mais que a maioria das provas incriminem o api e/ou madrasta.

Abraço,

=]

Projeto Recicla Mundo disse...

:}

carla m. disse...

O que mais me irrita não é a discussão da culpabilidade ou não do pai e da madrasta, no caso todo. Me irritam dois outros vetores.

Todo dia morrem centenas de crianças das classes baixas vítimas da violência doméstica, e esses casos só são noticiados pela imprensa marrom, quando o são.

E além disso, quem disse que a imprensa tem o direito de usar o preceito da "liberdade de expressão" para se sentir possuidora do direito da invasão.

Eu preferia que o sensacionalismo fosse usado nas reportagens sobre política e não nos casos policiais.

Talita disse...

FAÇO MINHAS AS PALAVRAS DA CARLA, TODO DIA MORRE CRIANÇAS POBRES E VÍTIMAS DA VIOLÊNCIAS DOMÉSTICA E NÃO FAZ TANTO BARULHO COMO O CASO DESSA CRIANÇA, O CASO É TRISTE MAIS EU ME PERGUNTO ,SE ELA FOSSE POBRE E NEGRA SERÁ QUE ESTARIA TODO ESSA BARULHO?SERÁ QUE A XUXA ESCREVERIA CARTINHA EMOCIONADA?OU COMO SEMPRE ACONTECE SÓ SAIRIA NO JORNAL LOCAS E ACABARIA POR AI?!

Rodrigo disse...

Realmente ate hoje o JN dedica uma boa parte so para esse caso

Plágio disse...

Os meios de comunicação, especialmente a Rede Globo, estão fazendo do caso uma novela.

Todo dia há um capítulo durante o JN. Isso é um absurdo.

Já sobre o pai e a madrasta, devo discordar.
Acreditoq ue tenham sido eles realmente.

Ainda mais depois que comprovaram que o sangue na roupa dele era da garota e que a pegada em cima da cama dela era do pai tbm.

ótimo post.

abraço!

www.e-nozes.blogspot.com

H α ſ α η disse...

Parabéns pelo seu blog

Suas criticas estão ótimas

:D




http://noonsense.blogspot.com