domingo, 22 de junho de 2008

Tudo o que há embaixo do tapete

Ultimamente no Brasil a política vem sendo taxada negativamente pela população, principalmente devido a grande vinculação através da mídia de escândalos envolvendo figuras políticas, muitas vezes bem conhecidas. A imprensa teve a chance de redimir essa imagem estereotipada, e até mesmo evitar tais escândalos, depois do alarde feito pelo presidente do TSE(Tribunal Superior Eleitoral), Carlos Ayres Brito, de que o tribunal iria divulgar na internet uma lista com os nomes do candidatos com condenações ou que responda processo na justiça, ou seja, a ficha criminal dos postulantes; só a imprensa tem as condições técnicas de fazer uma monitoração eficaz, estado por estado, município por município, e propagar essas informações de forma contundente às pessoas, mas como é de praxe da mídia, assuntos republicanos são deixados em segundo, terceiro, quarto ou quinto plano, a quanto tempo não se vê ou escuta a palavra democracia na televisão, há um desprestígio desse termo diretamente proporcional a obscuridade do termo política. Observar esse tipo de posicionamento por parte dos meios de comunicação, é ratificar a "hipótese" de que, sim, há um atrelamento de setores midiáticos com a esfera política.



Para as eleições deste ano o TSE, e os TREs(Tribunal Regional Eleitoral) de todos os estados se reuniram para discutir o tema dos políticos "sujos" judicialmente, desse encontro firmou-se a Carta do Rio, dentre os outros pontos, merece realce o que trata da elegibilidade ou não de candidatos com processos judiciais pendentes ou com antecedentes; o resultado da carta foi um cisma, o órgão supremo, o TSE, de onde deveria vir as decisões mais vigorosas e mais conscientes, deliberaram contrariamente ao consenso da maioria dos TREs, que era o de se fazer uma análise rigorosa da vida pregressa dos candidatos, e dependendo do caso impugnar a candidatura. Por outro lado, numa coisa eles foram unânimes e complacentes: não irão mais divulgar a lista com os candidatos que estão com a ficha criminal maculada; e é ai que toda a tentativa de moralizar o meio político brasileiro vai por água abaixo; esconder, encobrir, ocultar a podridão da vista pública é corroborar com a antidemocracia. Não é questão de jogar todos os políticos ímprobos numa vala comum, mas sim determinar quem é quem, para que os cidadãos, que por sinal têm fama de péssimos eleitores, possam julgar qual indivíduo tem a postura moral e ética para assumir um cargo representativo de tamanha importância.
"O desprestígio da política é sinônimo de desprestígio da democracia" Wadih Damous-Presidente da (OAB-RJ)

34 comentários:

Nassor disse...

Por essas e outras eu acho que a televisão só serve para criar opiniões erradas!!

Tatiana Camilo disse...

Pode ter certeza que embaixo do tapete há muita poeira, sujeira que infelismente nem eu, nem você conseguiremos limpar.
Parabéns pelo bloh. muito bom!

Convido a visitar o meu blog:
www.espelhomagic.blogspot.com

Gláucia disse...

Chama Pedrinho que só redescobrindo.. E olhe lá.. u.u

ótimo texto

bjs

rosangela disse...

Vi em uma materia num jornalzinho do metro aqui de SP., onde o TRE que divulgar os cadidatos com ficha suja.
Acho que de ve divulgar sim..
è o minimo todos saber as jugeiras que pelo menos dar pra saber, e as outra que nem a processo vai ..

Sandro Serikawa Soares disse...

boa sorte com seu blog
http://sandrossoares89.blogspot.com/
visite meu blog

aproveita visita meu fórum de dicas
hehehe

fico legal seu blog
fuis

Luiz Almeida disse...

é lamentável mais é o Brasil, e quem se lembra que o Lula financiava as dívidas da Globo? pois é... o Brasil hj em dia é assim, até a tv que era a nosso favor hj em dia está contra, junto com esses polícos.

Rafael Gierwi disse...

Sou totalmente a favor da divulga�o de uma lista de candidadtos que est�o enfrentando processo, mas como montar tal lista � dif�cil, o melhor a fazer � os jornais locais fazerem esse levantamento mesmo.

http://entrandoduro.blogspot.com/

sangue-sugas § disse...

sabe a diferença da politica no brasil e uma lata de merda?
A lata serve para alguma coisa.

Tenho ate vergonha em dizer que sou Brasileiro.

Lucas Ribeiro disse...

E aew man!! Seu blog tah massa!!
Muito interessante!!!
Um abraço!!!

Alice Daniel disse...

Será possível ainda vermos quem é corrupto antes de elegê-los?
Gostei do teu blog. Layout muito legal.

>>>Lis disse...

A imprensa marron anda deturpando as coisas que precisam ser ditas a população. a imprenssa nao trabalha mais com informação e sim com propaganda.
foi-se otempo em que o previlegio de escrever a verdade enchia um jornalista de orgulho e prazer, hoje em dia eles querem é lucro.
Pretendo ser jornalista, mas nao quero me sujar na corrupção desse bando que nao tem compromisso com a verdade!

visite:
http://lisems.blogspot.com/

gostei muito do blog!

Fernando disse...

se a gente for ficar pensando em tudo que tem embaixo do tapete...

Márcio Daniel disse...

complicada esta questão, mais o certo seria colocar a lista só dos que ja foram julgados e condenados nas primeiras instancias.

Cássia Barbosa disse...

Obrigada pela visita ao meu blog...
Também espero melhorar logo.

Raoni Frizzo disse...

Sou estudante de jornalismo, mas confesso que é triste ver o que alguns órgãos da imprensa fazem hoje em dia. Manipulam grande parte do povo e, pior, mantém uma relação estreita com alguns políticos.

Esse caso da não-divulgação dos políticos que estão em processo judicial ou tiveram antecedentes não me surpreende. Afinal, estamos no Brasil, onde tudo acaba em pizza e toda a sujeira vai sempre pra debaixo do tapete.

Raoni
http://www.blogonews.blogspot.com/

Hugo Becker disse...

Eu não estava sabendo disso. Mas olha, estamos vendo de uns dois anos pra cá a algumas atitudes que remetem diretamente à censura, e que não vinham acontecendo com tanta freqüência desde a quebra da censura nos anos 80. Tenho visto com certa freqüência casos desse tipo não só na política, como também nos esportes e em outros casos.

Não sou a favor da censura, obviamente, mas talvez coisas desse tipo, mesmo camufladas, despertem essa nossa geração de alguma forma, a lutar por seus direitos. São pouquíssimos os jovens que se preocupam com esse tipo de questão.

Parabéns pelo blog e pela iniciativa, se puder dê uma olhada no meu.

http://hugobecker.blogspot.com

Secrets disse...

Fala aew vim agradecer pela visita lá no meu blog vlw até^^
http://evolucao-money.blogspot.com/

Jemimma ~♥~ disse...

O cara lá de cima falou que a mídia soh serve pra causar opniões erradas... eu não concordo com ele! Muitas veses a televião soh a fala a verdade!! e por isso a idgnação de muitos!

Dih da Pâhzinha... disse...

Cara poeira embaixo do tapete tu foi humilde, no minimo uma duna de areia deve ter!!!
mas sobre isso eu nem gosto de comentar mais!

http://www.avidanobeco.com/

Incrivelt disse...

pois é

Fernando disse...

Acho que vai acabar os candidatos com ficha suja se elegendo msm...

Marcelo Leite disse...

Brasil,
Mostra a sua cara

se mostrasse tava bom né? (;

adorei seu blog cara

Gabi Gabriela disse...

não tiro a rzao da descrença do povo, mas bato na mesma tecla mil vezes: falta informação e acima de tudo boa vontade do proprio povo, para q tenham o poder de evitar as situações q tanto reclamam.
ninguem tem poder no Parlamento sozinho, nós é q damos isto a eles.

Alcione Torres disse...

Acho um absurdo que políticos com ficha suja possam concorrer! É chamar o cidadão de idiota!

Thais disse...

eu não sabia disso
q mundo é esse em
será q vocÊ pode me ensinar como se faz um banner?
abraços

fOr'll'y disse...

eu acho que num geral a midia adoora manipular as nossas cabeças e dizer o que devemos pensar ou nao.
quem nunca errou na vida? mas fazer o que né?

Pingo de Leite disse...

Sabe que h´pa pouco tempo resolvi "protestar" em meu blog. Esta é uma forma que encontrei de não acomodar-se, de instigar às pessoas a refletirem (http://pingo-de-leite.blogspot.com/2008/06/indignao.html).
Expus minha opinião e recebi comentários contrários e favoráveis também. Alguns até respondi no blog de quem postou. Achei que precisava tomar esta atitude algumas vezes...
Por isso, achei teu blog interessante. Vc usou este espaço para um "momento reflexivo". Aqui, quem lê, reflete sobre o que está ocorrendo em nosso país: a mídia manipulando descaradamente a massa populacional, o Brasil dizendo-se democrático enqto age como uma ditadura disfarçada (como sempre digo), por exemplo.
É democracia votar em seu próprio salário? Os políticos fazem isso. O único problema dos brasileiros é ACOMODAÇÃO.
É uma vergonha ninguém fazer nada. Enqto alguns miseráveis tentam roubar migalhas do governo e são obrigados a devolver a qtia relativa ao "furto", políticos roubam milhões e fica por isso mesmo. Porque, qdo o assunto é interessante para o povo, este é deixado de lado, até mesmo pela mídia.

Ana Lucia disse...

é complicado falar de politica e de políticos. o poder e honestidade precisam andar juntos.

Lana Haydée Kaolin disse...

"a televisão me deixou burro, muito burro demais..."
o papel da imprensa, ao contrário do que a maioria acredita, é de desinformar. Afinal, já estamos tatuados com a cultura do erro, onde fazer o certo é prejudicae a si mesmo...

e os bons continuam morrendo jovens....

vai entender...

parabéns pelo texto.

www.segredosdehaydee.blogspot.com

Jéssica Mendes disse...

Legal o jeito como você fala sobre a politicagem brasileira.

Parabéns!

Interessante o seu blog!

Abraço.

All3X disse...

Ótimo sua postagem, concordo contigo, vivemos um total desprestígio por parte da população pela democracia. O que leva os políticos a fazerem o que bem entendem no governo.
Vivemos uma crise, na verdade, de moralidade. Como saná-la está difícil. Mas vamos tentar.
All3X

Felithy disse...

Adoro as criticas do seu blog
São criticas relevantes e não bobeiradas que a gente ve por ai. Por isso seu blog ganha o Parceiro do Mês"em julho no meu blog. Vou colocar seu banner la!

Artur Pendragon disse...

Realmente, ta muito boa a crítica, você colocou de uma maneira bem simples.

Artur Pendragon disse...

Realmente, ta muito boa a crítica, você colocou de uma maneira bem simples.